Taking too long? Close loading screen.

“Se ninguém me perguntasse, eu saberia; se quero explicar a quem me pergunta, não sei.” Era assim que Agostinho expressava sua dificuldade em definir ‘tempo”.

O mesmo parece verdade com “trabalho”. Pensamos que sabemos o que é trabalho, mas, quando tentamos pôr em palavras o que pensamos que sabemos o que é trabalho, gaguejamos.

Misrolav Volf, um teólogo croata, explica que não é simplesmente labuta e fadiga, pois na verdade muitos gozam do trabalho que fazem e arrisca a dizer que, por isso, os melhores trabalhadores não trabalham. Ele afirma também que trabalho não é simplesmente emprego remunerado. pois embora a maioria das pessoas nas sociedades industrializadas esteja empregada pela remuneração que percebem, muitos trabalham duro sem receber pagamento, como exemplo mais próximo, uma dona de casa ou trabalho voluntário. Propondo uma definição mais ampla, ele conclui que trabalhar é uma atividade instrumental, pois não é feita para seu próprio bem, mas sim, para satisfazer necessidades humanas. Ou seja, trabalhar por trabalhar faz mal à saúde física, emocional, e espiritual.

Certa feita, no decorrer de uma devolutiva, o cliente se lamentava porque não via significado e propósito no que fazia. Precisava repensar seus valores e refletir suas convicções sobre o trabalho.

Faça hoje mesmo o seu inventário e conheça mais de si mesmo.